Casa do Marquês suspende actividade operacional por um mês a pensar na saúde de colaboradores e clientes

Com Portugal em estado de alerta devido ao coronavírus, a Casa do Marquês acompanha as orientações das autoridades competentes.

Na sequência das recomendações da Direção-Geral da Saúde, com particular relevo para a orientação 007/2020 de 10 de Março, e no seguimento imediato do anuncio pelo Governo de novas medidas restritivas do combate à Covid-19, a Casa do Marquês, empresa líder na área de catering e eventos, decidiu adotar medidas preventivas de defesa da saúde dos seus colaboradores e clientes.

Assim, a empresa vai proceder ao ajuste dos eventos particulares e empresariais planeados, de forma a permitir aos seus colaboradores o isolamento social recomendado pelas autoridades.

“A saúde das nossas equipas de colaboradores e clientes nacionais e internacionais é o nosso objetivo principal. Só garantindo esse valor supremo, a Casa do Marquês pode continuar a assegurar a qualidade que é a nossa imagem de marca. Com 30 anos de atividade  temos um capital de confiança por parte dos portugueses que queremos continuar a honrar”, afirma o CEO da empresa, Miguel Seijo y Seijo.

O responsável garante que a Casa do Marquês “continuará disponível 24 horas por dia pelos meios de comunicação adequados ao efeito e a acompanhar com muita atenção os desenvolvimentos em relação à Covid-19 e as diretrizes da Direção-Geral da Saúde” e adotará “as medidas necessárias para assegurar a proteção dos colaboradores e clientes”.

“Sabemos que este é um tempo de união e de mudança de hábitos. Se todos tivermos, individual e coletivamente, o sentido de prudência e responsabilidade que se impõe, poderemos em breve voltar a viver momentos felizes. E são esses os momentos que queremos viver ao lado dos nossos clientes”, concluiu Miguel Seijo y Seijo.

  

Quer marcar a diferença?
Está na hora de preparar o seu grande evento, permita-nos ajudá-lo a concretizá-lo!